Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «corta-línguas»

Está na literatura

 

      «Afonso Furtado retorquiu, através do corta-línguas arábico, que por ordem de Sua Alteza não podia o comandante sair do navio e que ele ficaria muito agradado de o encontrar em batéis a meio do mar da baía, ali haveria não só toda a pompa mas também a segurança» (Novas do Achamento do Inferno, Fernando José Rodrigues. Lisboa: Vega Editora, 2001, p. 149).

      Termo interessante, este. Corta-línguas, ou seja, intérprete, tradutor. Cândido de Figueiredo diz que é termo da Bairrada, mas há quem diga que é alentejano. Enfim, é nosso, e só é pena que os dicionários o não recuperem.

 

[Texto 8594]

1 comentário

Comentar post