Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «criptoarte»

Está a dar que falar

 

      «Há dias, alguém usou criptomoedas para comprar o mural de uma caveira esculpida em 2011 pelo artista plástico Vhils. Só que o novo dono, que pagou o equivalente a cerca de oito mil euros, não comprou a parede com o mural — que fica na cidade de Stavenger, na Noruega — mas sim o registo da obra na blockchain (tecnologia que permite criar registos que não podem ser adulterados)​. Ou seja, criptoarte» («A pandemia atraiu muitos para o curioso mundo da criptoarte», Karla Pequenino, Público, 21.03.2021, 7h15).

 

[Texto 14 845]

1 comentário

Comentar post