Léxico: «cuidador»

Podia ser agora

 

      «O Boletim de Saúde Infantil e Juvenil vai passar a ser eletrónico. A Direção-Geral de Saúde e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde estão a trabalhar no projeto, que deve ficar concluído em 2021. [...] “Vai registar tal e qual a mesma informação, vai permitir a consulta e o registo pelos pais, pelas mães, pelos cuidadores, pelos médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, tal e qual como até agora”, explica Bárbara Menezes [coordenadora do Programa Nacional de Saúde Infantil e Juvenil da Direcção-Geral da Saúde], acrescentando que o boletim eletrónico “vai também ser interativo”» («Boletim de saúde das crianças vai passar a ser eletrónico», Cristina Nascimento, Rádio Renascença, 21.03.2019, 15h41).

      É óbvio que os dicionários têm de passar a definir melhor cuidador do que o fazem actualmente. E a locução cuidador informal, de que tanto se tem ouvido falar nos últimos tempos, também é candidata natural a integrar os dicionários. Afinal, é o sítio próprio para isso, não numa lista telefónica.

 

[Texto 11 012]

Helder Guégués às 17:02 | comentar | favorito
Etiquetas: ,