Léxico: «debuxador»

Foge ao normal, e já não sabem

 

      «[Eduardo Rêgo] Cresceu no seio de uma família modesta. A mãe em casa, o pai com ofício de debuchador — trabalhava os desenhos que iam aos teares da indústria textil. “Quando acabei a quarta classe, aos 10 anos, fui trabalhar para a fiação de uma fábrica.” Quatro anos naquilo, mas uma sede de mundo que o frustrava» («“Esses fanáticos dos direitos dos animais não sabem nada de natureza”», Ricardo J. Rodrigues, Diário de Notícias, 13.08.2018, 6h29).

      Foge um pouco ao normal e, pronto, os jornalistas perdem logo o pé. Ricardo J. Rodrigues, é debuxador que se escreve, de debuxo, que significa «desenho».

 

[Texto 9779]

Helder Guégués às 08:22 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,