Léxico: «desintreflar»

Como desprezamos a História

 

      Um objecto que se pode ver no Museu Judaico de Belmonte (um dos 50 melhores pequenos museus da Europa, segundo o Sunday Telegraph) é um cântaro de barro que os criptojudeus usavam no ritual de desintreflar (de treph, «impuro») a casa, isto é, purificar a casa após a morte de alguém, para evitar que o veneno do anjo da morte pudesse ser bebido pelos da casa. Nos nossos dicionários, nada de nada — desprezamos a nossa História. Lamentável.

 

[Texto 12 261]

Helder Guégués às 08:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,