Léxico: «desmodrómico»

Tudo grego

 

      «A unidade motriz [da Ducati Monster 797] é o já bem conhecido bicilíndrico desmodrómico em L de 803 cc e 75 cv de potência máxima, que equipa atualmente toda a oferta das Scrambler da marca (à exceção da Sixty2)» («Regresso às bases», Francisco Brandão Ferreira, Motociclismo, n.º 313, Maio de 2017, p. 39).

      Bem conhecido, mas não dos dicionários, e, no entanto, a patente do invento do engenheiro italiano Fabio Taglioni é de 1956. É um sistema de regulação da abertura e fecho das válvulas de admissão do motor, para impedir a sua flutuação (valve float, para a legião de anglófonos que nos segue) em altas rotações. A Ducati ainda detém a patente, mas o sistema já foi usado pela BMW, Fiat, Honda, Maserati, Mercedes, Peugeot, Scarab e Toyota. É grego do melhor: desmós, «ligação, liame, ligadura», e drómos, «corrida, percurso».

 

[Texto 7800]

Helder Guégués às 16:01 | favorito | partilhar
Etiquetas: ,