Léxico: «despedível»

Azarucho

 

      Iremos sempre deparar com palavras que não estão nos dicionários, e não é porque estejam mal formadas ou porque seja impossível estabelecer-lhes uma definição. João Araújo, o ex-advogado de Sócrates, já podia ter contribuído para que o termo azarucho estivesse dicionarizado. Não aconteceu, e eu chamei aqui a atenção, em 2014, para isso. Agora, há outra. «João Araújo: “Não sou despedível”» (Carlos Diogo Santos, Sol, 28.04.2018, p. 28). Despedível não está, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, mas encontramo-lo no VOLP da Academia Brasileira de Letras. Como o encontramos no dia-a-dia, como neste caso, e em obras sobre Direito do Trabalho.

 

 [Texto 9165]

Helder Guégués às 08:35 | favorito | partilhar
Etiquetas: ,