Léxico: «dessalinizador»

Desalinhados

 

      «Manolo Vidal, porta-voz da Naviera Armas, empresa proprietária do ferry, afirmou que “uma perda de eletricidade” repentina causou o acidente, quando o barco estava a deixar Puerta de la Luz, na ilha da Grande Canária, na sexta-feira à noite. […] Em relação ao derrame de combustível, este está a escassos quilómetros da principal empresa dessalinadora que abastece de água potável a capital» («Ferry embate num porto das ilhas Canárias e causa 13 feridos», Lusa/TSF, 22.01.2017, 20h28).

    É o que se lê em vários jornais — e porquê? Ora, porque em castelhano é desaladora, e os jornalistas não pensam duas vezes. Nem uma, aliás. O verbo não é dessalinar, mas dessalinizar, logo é dessalinizadora. Há muitas décadas que há dessalinizadores (substantivo) e estações dessalinizadoras (adjectivo) em Portugal e no mundo, convinha que todos os dicionários, e nomeadamente o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, os registassem.

 

[Texto 7745]

Helder Guégués às 10:19 | favorito
Etiquetas: ,