Léxico: «desvalioso»

O português oculto

 

    «“A atitude da arguida, a forma de realização dos factos, especialmente desvaliosa — desferiu um murro na face, atingindo as zonas do nariz e da boca da juiz de direito, agarrou e atirou um candeeiro à mesma, como agarrou a secretária levantando-a, inclinando-a em direção da juiz de direito, desorganizando todos os objetos de trabalho que estavam em cima da mesma. Agarrou e apertou o pescoço da magistrada do MP [Ministério Público] que se encontrava presente à diligência, magoando-a —, não pode deixar de ser fortemente censurável”, lê-se no comunicado» («Prisão preventiva para mulher que agrediu magistradas no tribunal de Matosinhos», Rádio Renascença, 16.01.2020, 19h01).

       Não se tinha prometido aos cidadãos que os termos em que são redigidos estes documentos seriam simplificados? Boas intenções, apenas e sempre. Nem nos dicionários encontramos este sentido de desvalioso. O dicionário da Porto Editora, como todos os outros, limita-se a dizer que significa «não valioso; sem valia». Pois, pois...

 

[Texto 12 666]

Helder Guégués às 09:45 | comentar | favorito
Etiquetas: ,