Léxico: «draisiana/dresina»

Já são nossas

 

      «— Conto ir, minha amiga, desde que não me mandem subir para cima da draisiana» (A Marquesa de Alorna — Do Cativeiro de Chelas à Corte de Viena, Maria João Lopo de Carvalho. Alfragide: Oficina do Livro, 6.ª ed., 2012, p. 597).

      Pois é, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, nem draisiana nem dresina, e estão ambas, por exemplo, no VOLP da Academia Brasileira de Letras.

 

[Texto 8982]

Helder Guégués às 21:16 | comentar | favorito
Etiquetas: ,