Léxico: «duociclo»

Duas, mas paralelas

 

      «Um dos pontos que os responsáveis da Airwheels mais destacaram foi o da possibilidade de retirar a bateria dos duociclos (duas rodas paralelas) e trotinetes para os utilizar como power banks ou para os carregar em casa ou no escritório. Regra geral, a grande maioria dos dispositivos tem um tempo de carga de três horas, sendo que a mais demorada no carregamento é a bateria de 680 Wh do duociclo S5, um dispositivo de carácter ‘off-road’ que leva quatro horas a carregar e que tem uma autonomia de 55 quilómetros. Esta S5 tem um preço de 2099€» («Airwheel: Reinventar a mobilidade sobre rodas (sentado ou em pé)», Pedro Junceiro, Motor 24, 4.04.2019).

      Não vejo a palavra em mais lado nenhum, mas faz sentido. Se o uniciclo é o veículo de uma só roda, o duociclo — em tudo o mais igual — é o veículo com duas rodas, mas dispostas em paralelo, como o jornalista assinala, ou alguém lembraria que já temos «bicicleta». Muito bem.

 

[Texto 11 117]

Helder Guégués às 08:44 | comentar | favorito
Etiquetas: ,