Léxico: «... e peras»

E seria tão fácil

 

      «Em vez de um qualificativo, a fala utiliza por vezes depois de e uma palavra que do contexto pode receber uma significação qualquer: peras.

     É o que se chama uma casa e peras! (Leão da Estrela, III, pg. 77), isto é, “muito rica”, “confortável”, etc.» (Processos de Intensificação no Português Contemporâneo: (a entoação, processos morfológicos e sintácticos), Maria Manuela Moreno de Oliveira. Lisboa: Centro de Estudos Filológicos, 1962, p. 55).

      A meu ver, só se ganhava que os dicionários registassem esta acepção do vocábulo. De caminho, talvez contribuísse para que não se escrevesse o plural «peras» com acento, como vejo demasiadas vezes. Como vi ontem, mas talvez não conte — o autor é professor universitário...

 

[Texto 9360]

Helder Guégués às 13:36 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,