Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

Léxico: «ecoinovador»

É hoje

 

      «A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) lidera o projeto MINECO que pretende desenvolver produtos eco-inovadores, com origem em resíduos das minas de São Domingos, que está encerrada, e Neves Corvo, ainda em exploração, ambas situadas no Alentejo. [...] Os impactos, ao nível da sustentabilidade, relacionados com as vertentes socio-ambientais, económicas e técnicas serão avaliados e controlados ao longo deste projeto europeu financiado pelo Horizonte 2020, que tem a duração de três anos e um financiamento total de cerca de 800 mil euros» («​Resíduos de minas alentejanas dão origem a produtos eco-inovadores», Olímpia Mairos, Rádio Renascença, 10.06.2020, 8h50).

      É pena Olímpia Mairos não se dedicar um pouco mais à ortografia e, enfim, ao apuro da frase. É ecoinovador e socioambiental. A primeira já por aqui tinha passado, num texto irónico que abespinhou um investigador universitário. Se esta gente mandasse, tínhamos de ser totalmente transparentes e com um discurso neutro, anódino — irrelevante. Sobretudo que não os beliscasse nem denunciasse as suas muitas inépcias.

 

[Texto 13 529]