Léxico: «equiénio»

Estrutura etária homogénea

 

      Espreitei o relatório da comissão técnica independente que analisou os fogos de Outubro, mas o destrambelhamento ortográfico que vi fez-me recuar. Mas sempre, é inevitável, se aprende alguma coisa. Guardarei para mais tarde a leitura na íntegra, e entretanto leio o que é filtrado pelos jornais. Por exemplo: «Em muitas destas áreas as formações que sucederam aos povoamentos florestais “foram vastas áreas contínuas, equiénias e monoespecíficas, de invasoras lenhosas”» («Fogos de 2017 afetaram 50% das matas nacionais», TSF, 20.03.2018, 21h59).

      Ia dizer que, neste caso, nem vale a pena consultar os nossos dicionários, mas não é bem assim: o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora regista monoespecífico, «relativo a uma única espécie; em que só há uma espécie». Sendo assim, só falta equiénio, que significa exactamente aquilo que eu pensava. Na lista de termos e definições do 6.º Inventário Florestal Nacional (2013), lê-se: «Povoamento equiénio (ou povoamento regular): Povoamento florestal com uma estrutura etária homogénea, em que as árvores existentes formam um só andar de vegetação.»

 

[Texto 8949]

Helder Guégués às 23:35 | favorito
Etiquetas: ,