Léxico: «erva-patinha»

Não são sinónimos

 

      «Dois homens desapareceram este sábado na costa Este da ilha do Faial, nos Açores, depois de terem saído de casa, pela manhã, para a apanha da erva patinha, revelou o capitão do Porto da Horta. Segundo Rafael da Silva, os dois homens, tio e sobrinho, com 34 e 18 anos de idade, deslocaram-se de manhã para a orla costeira da freguesia da Ribeirinha, para a apanha da erva (uma espécie de alga utilizada na alimentação), mas os familiares só alertaram as autoridades, dando conta do seu desaparecimento, ao final da tarde» («Açores. Foram apanhar erva patinha e desapareceram», Rádio Renascença, 5.01.2019, 21h19).

      Encontramo-la no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Analisemos o verbete: «BOTÂNICA alga marinha pertencente ao grupo das algas verdes, laminar, translúcida e muito nutritiva, que ocorre em todo o arquipélago açoriano, sendo utilizada em culinária pelo sabor intenso e textura suave; erva-do-calhau, erva-patinha-verde». Se referissem o nome científico, seria mais útil. A erva-patinha e a erva-patinha-verde é a mesma alga? Pelo que vejo, a primeira tem o nome científico de Porphyra spp.; a segunda é a Ulva intestinalis. Se não se trata de sinonímia, que significa aquilo? Sinónimo de erva-patinha é apenas erva-do-calhau. Os nomes científicos que indiquei ali atrás estão, por exemplo, no regulamento que estabelece o regime jurídico da apanha de espécies marinhas no mar dos Açores, diploma legal em que também se pode ler que bicheiro, puxeiro ou pexeiro é o «utensílio constituído por um gancho sem barbela, fixado a um cabo, e que é usado na apanha de polvos», ou que facão, faqueiro ou lapeira é o «utensílio constituído por uma lâmina de forma variável, fixada normalmente a um cabo curto e que é usado na apanha de lapas».

 

[Texto 10 550]

Helder Guégués às 20:43 | comentar | favorito