Léxico: «espectrógrafo»

Pois é

 

      Alexandre Cabral, investigador do Instituto de Astrofísica e de Ciências do Espaço, foi ontem o convidado dos 90 Segundos de Ciência, da Antena 1. Veio falar do espectrógrafo Expresso, instalado no VLT, um dos maiores observatórios, situado no deserto de Atacama, Chile. Num texto de apoio da Infopédia sobre Francis Aston, a palavra aparece mal escrita: «Um dos seus trabalhos principais e pelo qual recebeu o Prémio Nobel da Química, em 1922, foi o desenho e a utilização do espectógrafo de massa, ferramenta fundamental da física atómica, que lhe permitiu compreender diversos problemas, nomeadamente a existência de isótopos em elementos radioativos como também em muitos outros elementos da Tabela Periódica.»

 

[Texto 14 009]

Helder Guégués às 09:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,