Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «espumador», «espiralizador»

São novos, senhores

 

      Vão-se vendo cada vez mais dois novos pequenos electrodomésticos («pequenos domésticos», diz-se agora, vá-se lá saber porquê) para os quais não há (não havia) nome: espumador de leite, um utensílio eléctrico, espécie de fervedor de inox para fazer espuma cremosa no leite quente ou frio. O outro é um espiralizador (mas no Brasil chamam-lhe, e parece-me melhor, espiralador), que serve para transformar fruta e legumes quase em esparguete, nuns fios espiralados. Já estão nas lojas e nas casas dos Portugueses, agora vamos ver quanto tempo demoram a adquirir o direito de entrar nos dicionários. Que digo? Já estão nos livros: «Espiralizador. Uma excelente forma de transformar vegetais apetecíveis aos olhos das crianças é dar-lhes a forma de outros alimentos que privilegiam, como o esparguete, por exemplo. Transformar curgete em massa é o truque que usamos para fazer uma carne à bolonhesa sem trigo, ou uma salada com cenoura aos caracóis» (Crianças Saudáveis, Famílias Felizes, Luísa Fortes da Cunha e Raquel Fortes. Alfragide: Lua de Papel, 2017, p. 82).

 

[Texto 8758]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.