Léxico: «esquecido»

Também se esqueceram

 

      Quando passei recentemente por Figueira de Castelo Rodrigo, trouxe uma boa dose de esquecidos, e fiquei mais ou menos com a ideia de ir ver se o nome estava nos dicionários. Esqueci-me até hoje. Perante a definição no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, fiquei lapidificado (para usar uma palavra aprendida hoje no livro A Ordem do Dia, de Éric Vuillard). Tão-só esta coisa seca, mais seca do que o próprio esquecido: «bolo caseiro». Para já, convinha delimitar a origem geográfica: ao que me parece, são típicos da Beira Baixa. Como convinha descrevê-los minimamente: são bolos secos, arredondados e achatados, com uma característica cor amarelo-esbranquiçada.

 

[Texto 9037]

Helder Guégués às 15:58 | comentar | favorito