Léxico: «extremófilo»

Mais um contributo

 

      «“Sendo os tapetes bacterianos organismos extremófilos, suportam grandes alterações das condições ambientais. Podem ser usados em várias aplicações, desde a farmacêutica até à biotecnologia. Há grande interesse biológico, não só geológico, mesmo que não tenham comunidades macroscópicas evidentes” [explica o biólogo marinho Emanuel Gonçalves]» («O Gigante ofereceu-nos um novo campo hidrotermal. Açores», Teresa Firmino, Público, 21.06.2018, p. 23).

      Extremófilo. Isto é contigo, Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Já sabes, não há pensamento sem palavras.

 

[Texto 9472]

Helder Guégués às 19:53 | comentar | favorito
Etiquetas: ,