Léxico: «flebótomo | mosca-da-areia»

Duas de uma vez

 

      «A doença pode ser provocada por várias espécies de parasitas microscópicos do género Leishmania, transmitidos pela picada de moscas-da-areia (flebótomos), que sugam o sangue. Os cães são picados pelos insectos, que depois picam os seres humanos e lhes transmitem o parasita» («A história feliz de 12 cães que se viram livres da leishmaniose», Teresa Firmino, Público, 3.09.2019, p. 36).

      O único flebótomo que a Porto Editora conhece é a «lanceta para fazer sangrias», mas aqui, como se pode ver, é um insecto hematófago. Tal como também não conhece a mosca-da-areia (Phlebotomus spp.).

 

[Texto 11 925]

Helder Guégués às 10:53 | favorito
Etiquetas: ,