Definição: «frenologia | craniologia»

Como as sinapses

 

      Porto Editora, dizes que a frenologia/frenologismo é a «antiga e desacreditada teoria científica que considerava a conformação e as protuberâncias do crânio como indicativas das faculdades ou aptidões mentais do indivíduo; frenologismo». Esta pseudociência, porém, não pretendia conhecer, pela forma do crânio, apenas as aptidões ou faculdades dos indivíduos — mas também o próprio carácter. (Assim, a título de exemplo, a fidelidade conjugal era revelada pela forma do crânio atrás das orelhas...) Mais uma vez, não fazes as remissões necessárias, como, por exemplo, para craniologia, que defines como o «estudo dos crânios [sic], em correlação com a ocorrência de aptidões e instintos dos indivíduos». Faltam aqui umas palavrinhas: mais uma pseudociência. As remissões nos dicionários — toma nota — são como que as sinapses no nosso cérebro.

 

[Texto 12 653]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito