Léxico: «galha»

Veio da China

 

 

      «Chama-se vespa-do-castanheiro. Na realidade, não é uma vespa, é uma mosca [Dryocosmus kuriphilus]. É oriunda da China. Vive apenas dez dias, mas pode custar mais de 40 milhões de euros por ano à economia nacional» (Rui Sá, Jornal da Tarde, 25.06.2014). Um dos entrevistados, José Laranjo, presidente da Associação Portuguesa da Castanha (RefCast), disse: «Quando nós vemos uma galha, um abcesso, um inchaço, já com um buraquinho, significa que a mosquinha já saiu.»

      Galha, para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, é a «excrescência que se forma nos tecidos vegetais por acção de insectos ou de parasitas». São tecidos simbióticos, neoformações do tecido vegetal induzidas por insectos, bactérias ou fungos. É um tumor, uma neoplasia (neo, novo; plasia, formação), como os cancros.

 

[Texto 4764] 

Helder Guégués às 07:01 | comentar | favorito
Etiquetas: ,