Léxico: «garra»

Não é uma unha forte

 

      «Reunidos no ‘I Encontro Nacional dos Produtores de Espargo’, que decorre esta sexta-feira na Casa das Artes de Felgueiras, promovido pela Cooperativa Agrícola Terras de Felgueiras, em parceria com as empresas Villabosque (Santarém) e Vale de Ceras (Tomar) e com a colaboração de especialistas e técnicos profissionais portugueses e internacionais, os cerca de 120 produtores nacionais vão discutir a importância da comunicação, a produção e a comercialização do produto. [...] O investimento inicial ronda os 18 mil euros, sendo 75% investido no preço das garras, “os bolbos que são colocados no solo” que darão os espargos passados dois a três ano» («O espargo perfeito e como o preparar. Para desconstruir [a] ideia de um vegetal gourmet», Liliana Costa, TSF, 25.01.2019, 10h20).

      Como se vê, está na boca dos falantes, está na Gazeta das Aldeias, mas não nos dicionários.

 

[Texto 10 653]

Helder Guégués às 14:55 | favorito
Etiquetas: ,