Léxico: «geniquento»

E esta?

 

      «O moço da camisola cinzenta dá um pulo na soleira da porta, um pulo tão geniquento que até afugenta as pombas» (Os Novos Putos, Altino do Tojal. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1982, p. 64).

      Tem de se abonar com Altino do Tojal, pois claro, porque com um artigo jornalístico não é suficiente: «Chega em maio o novo Suzuki Swift e com ele regressa dos mais populares modelos da marca em Portugal. É inconfundível mas mudou bastante. Mais espaçoso e com mala bem maior, tem dois motores a gasolina, um geniquento 1.0 três cilindros turbo (111 cv) e o mais económico 1.2 Dualjet (68 cv), ambos também em versão semi-híbrida. Nem falta um quatro rodas motrizes» («Suzuki Swift: Mais espaço e outra imagem», Silva Pires, Motor 24, 28.04.2017).

 

[Texto 7759]

Helder Guégués às 15:00 | favorito
Etiquetas: ,