Léxico: «grifo-de-rüppell»

Entretanto, em Bruçó

 

      «Investigadores da Palombar, uma associação transmontana que se dedica à conservação da natureza, registou a presença de um “raro” grifo-de-rüppell (Gyps rueppellii), em Bruçó, no concelho de Mogadouro, revelou hoje à Lusa o biólogo José Pereira. “Trata-se de uma espécie de ave rupícola (grifo/abutre) que se encontra ameaçada no mundo, tendo sido registada a sua presença, num campo de alimentação para aves necrófagas em Bruçó, em Pleno Parque Natural do Douro Internacional [PNDI]”, indicou o técnico da Palombar» («Espécie rara de abutre avistada em Mogadouro», TSF, 12.11.2019, 14h29, itálico meu).

 

[Texto 12 284]

Helder Guégués às 09:30 | favorito
Etiquetas: ,