Léxico: «guarda-mão»

É esta

 

      Hoje vi, pela primeira vez, uma Honda X-ADV, com condutor e pendura, ali na rotunda mais estúpida e desnecessária de Portugal, a rotunda do Jumbo, em Cascais. E que tem este veículo peculiar, entre scooter e moto, de duas rodas? O que muitos outros têm, mas é uma sete e meio preparada para todos os terrenos (ei-la aqui na A2 a 184 km/h), e por isso com guarda-mãos. Acepção, diga-se, de que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora se esqueceu, pois guarda-mão, para este dicionário, é apenas «1. arco que resguarda a mão, entre os copos e a maçã da espada; 2. revestimento de madeira ou de metal que cobre o cano das espingardas e que protege a mão do atirador do contacto com o cano aquecido».

 

[Texto 7855]

Helder Guégués às 15:51 | comentar | favorito
Etiquetas: ,