Léxico: «hidrante»

Hidrantes: o da cidade e o do campo

 

      «A substituição é, aliás, uma prioridade para os próximos anos[,] sublinha aquele dirigente que está à frente dos destinos da Associação de Beneficiários da Cova da Beira há quase dezoito anos e que foi reconduzido no cargo, num processo eleitoral em que foi o único candidato. A substituição das condutas e “hidrantes” implicará um investimento da ordem dos dois milhões de euros. Parte da elaboração do projeto será elaborada pelos técnicos da Associação de Regantes» («Substituir 340 quilómetros de condutas», Lúcia Reis, Jornal do Fundão, 22.10.2020, p. 9).

      A jornalista devia reler o que escreve, mas adiante. Ao contrário do que se lê no dicionário da Porto Editora («válvula de passagem na canalização de água da via pública, à qual se podem ligar as mangueiras dos bombeiros para o combate a incêndios»), não apenas os hidrantes que vemos nas nossas ruas não são somente para uso dos bombeiros, como também há — nos campos — hidrantes de rega. Portanto, uma correcção e um acrescento.

 

[Texto 14 219]

Helder Guégués às 09:15 | favorito
Etiquetas: ,