Léxico: «hidraulicidade»

Para nos entendermos

 

      «A EDP quer 717 milhões de euros. Vai processar o Estado porque considera que tem direito às verbas do fundo de hidraulicidade. Fundo do quê? Se quer perceber melhor, leia o Miguel Prado. Mas, desde já lhe digo, o Estado considera que a história não é bem assim» («A impossibilidade de futuro é um passado glorioso», Jorge Araújo, Expresso Curto, 13.12.2019).

      Jorge Araújo, mas então não tinha de escrever «fundo de quê», para repetir a formulação? Estes pormenores são demasiadas vezes descurados. Adiante. É claríssimo que esta hidraulicidade não está em nenhum dicionário — o que compromete o entendimento do que se pretende dizer. A EDP (ver aqui) sabe o que pretende dizer: «Relação entre as afluências no período observado e as afluências correspondentes a um mesmo período no ano médio.»

 

[Texto 12 471]

Helder Guégués às 10:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,