Léxico: «hipobarismo/hiperbarismo»

Pensando bem

 

      «A utilização clínica de câmaras hiperbáricas é pouco conhecida para a grande maioria da população e quase sempre está associada a acidentes de mergulho, mas a realidade é outra. Portugal tem cinco unidades públicas de medicina subaquática e hiperbárica e a grande maioria dos utilizadores são utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) com doenças sem qualquer ligação a atividades na água» («Mergulho em seco», Vera Lúcia Arreigoso, Expresso Diário, n.º 1222, 13.07.2018).

      Começa mal: então o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora regista hiperbárico, mas esquece-se de hipobárico? E mais: não faltam textos, sobretudo técnicos, em que se usam as palavras «hiperbarismo» e «hipobarismo» — e tão simplesmente porque existem e fazem falta. Contudo, em nenhum dicionário as vejo.

 

[Texto 9621]

Helder Guégués às 18:58 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,