Léxico: «iberismo»

Comparemos

 

      «A obra de Torga é extensa e aborda, entre outros temas, o drama da criação poética, o desespero humanista, o sentimento telúrico, a problemática religiosa, o iberismo e o universal» («Sabrosa. Casa de Miguel Torga vai ser museu», Olímpia Mairos, Rádio Renascença, 16.01.2019, 110h36).

      Um exercício simples: comparemos como dois dicionários, um de português e outro de castelhano, definem iberismo, termo que, segundo Sérgio Campos Matos (aqui), só foi dicionarizado no início do século XX. No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «1. qualidade ou condição do que é ibérico; 2. POLÍTICA doutrina que advoga a união política de Portugal e Espanha». No Dicionário da Real Academia Espanhola: «1. m. Carácter de ibero; 2. m. Estudio de la historia y cultura de los iberos; 3. m. Palabra o rasgo lingüístico propios de la lengua de los antiguos iberos y adoptados por otra lengua; 4. m. Doctrina que propugna la unión política o una especial relación sociopolítica entre España y Portugal.» Não é apenas uma questão de número de acepções, até porque o Dicionário da Real Academia Galega tem mais.

 

[Texto 10 599]

Helder Guégués às 20:24 | favorito