Léxico: «ictioplâncton»

Que estranho

 

      «“Lembro-me, no início, de começar a trabalhar com ascídias e com esponjas, estive no Museu de História Natural em Paris, na altura com o professor Luiz Saldanha. Mais tarde, houve um projecto que foi financiado pela UNESCO para o estudo do estuário do Tejo, em que o professor Luiz Saldanha me propôs estudar o ictioplâncton, que era uma coisa que ninguém fazia em Portugal, estudar os ovos e as larvas dos peixes. Agarrei isso com as mãos todas e, no fundo, foi o que fez com que me interessasse mais tarde pelas questões relacionadas com as pescas”, resume o biólogo [Pedro Ré]» («Do mar ao céu, “foi sempre a fotografia” que moveu Pedro Ré», Nicolau Ferreira, Público, 21.02.2021, p. 24).

      Parece-me que não está, inacreditavelmente, em nenhum dicionário de língua portuguesa.

 

[Texto 14 727]

Helder Guégués às 10:00 | favorito
Etiquetas: ,