Léxico: «inverneiro»

Tão certo como eu ser Helder

 

      «A fumagem aproveitava a lareira, sempre acesa para cozinhar e aquecer a casa dos frios inverneiros. O porco era integralmente usado, do focinho ao rabo, passando pelas tripas, genialmente aproveitadas para invólucros, uma ideia que hoje nos pode parecer evidente, mas que teve origem em muita imaginação e escassez de meios» (Sabores do Ar e do Fogo/ Tastes of Air and Fire, Fátima Moura, coord. José Quitério. Lisboa: Clube do Coleccionador dos Correios, 2013, p. 92).

      É claro que inverneiro existe e se usa, Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Se queres saber, e para não ir mais longe, eu uso-o de quando em quando.

 

[Texto 9953]

Helder Guégués às 17:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,