Léxico: «jammer»

Diabo da tecnologia

 

      «O grupo suspeito de ter sequestrado e matado um empresário de Braga há dois meses usaria equipamento sofisticado para despistar a polícia, designadamente um inibidor de sinal GPS. O aparelho gera um campo electromagnético que bloqueia as comunicações móveis, incluindo o GPS dos telemóveis que permite a sua localização. Também conhecido por “jammer”, já foi antes referenciado pela polícia por, noutros casos, ter impedido que os localizadores GPS de automóveis roubados funcionassem» («Grupo usava aparelho para despistar a polícia», Pedro Sales Dias e Mariana Oliveira, Público, 19.05.2016, p. 13).

    Para estes casos é que não há alternativa: temos de usar o termo original. Jammer, então. Ou será que há? No Brasil, dá-se-lhe o nome de capetinha ou chupa-cabra.

 

[Texto 6820]

Helder Guégués às 07:19 | comentar | favorito
Etiquetas: ,