Léxico: «juridiquês»

Tanto como outros

 

      «A resposta veio a 5 de Março. No juridiquês em que nós, cidadãos, passamos a “requerentes”, os queixosos a “assistentes” e os réus e o Ministério Público a “sujeitos processuais”, o juiz informa que, pedida a opinião às partes envolvidas, os procuradores do Estado não se opuseram, mas que o arguido (o reitor da Universidade Fernando Pessoa) e o assistente (a própria universidade) “pugnaram ambos pelo indeferimento do requerido”» («Os pupilos do senhor reitor Salvato Trigo», Bárbara Reis, Público, 9.03.2018, p. 49).

      Usa-se tanto, na verdade, como outros semelhantes que já estão no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora.

 

[Texto 8888]

Helder Guégués às 10:21 | favorito
Etiquetas: ,