Léxico: «lagostim-de-água-doce»

Só falta um Lvchi Venere

 

      Hoje comi uns bons lagostins-de-água-doce (Procambarus clarkii) vindos de Hubei, na China. Meu Deus, até já alimentos destes vêm da China! Está claro que o meu próximo automóvel eléctrico também há-de vir de lá. Para já, um só Lvchi Venere parece-me melhor do que meia dúzia de Teslas Model 3. Ah, sim, voltando ao crustáceo: infelizmente, o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora só regista um sinónimo, lagostim-vermelho-do-luisiana.

 

[Texto 8978]

Helder Guégués às 22:49 | favorito
Etiquetas: ,