Léxico: «lambrusco»

Cá está, frisante

 

      «Sessenta rapazes da escola hoteleira Nazareno de Carpi cozinharam para ele e mais 320 convidados tortellini, lombo de porco no forno com batatas salteadas e tortelli al savòr, a compota local de mosto de uva e fruta; tudo acompanhado por vinho lambrusco rosé da Cantina di Carpi e Sorbara, etiqueta “Piazza Martiri”» («Francisco entre a gente mais forte que o terramoto», Serena Arbizzi, O Meu Papa, ed. n.º 2, 7.04.2017, p. 12).

      Apenas o encontramos no Dicionário de Italiano-Português da Porto Editora, mas não é raro vê-lo em textos em língua portuguesa, e até não assinalado como estrangeirismo, o que me parece bem. É o vinho italiano, branco, tinto ou rosé, frisante, produzido sobretudo em Módena e na Emília-Romanha, que sofre uma segunda fermentação na garrafa. Torta, tortelli, tortelloni, tortellini... O Dicionário de Italiano-Português da Porto não regista tortelli; tortelli al savòr «è una specie di marmellata, tipica della provincia di Modena, preparata senza zucchero con frutta mista e ortaggi cotti nel mosto».

 

[Texto 7687]

Helder Guégués às 18:03 | favorito