Léxico: «lança-chamas»

Sem inimigos à vista

 

      «Mais de 400 migrantes subsarianos indocumentados saltaram a cerca que separa Marrocos de Ceuta, em Espanha. A passagem a salto ocorreu cerca das 7h00 desta quinta-feira. [...] Os migrantes transportavam armas improvisadas e artesanais, como lança-chamas, cal viva e ácido para tentar escapar às autoridades» («Mais de 400 migrantes saltam vala que separa Marrocos de Ceuta», Rádio Renascença, 26.07.2018, 10h31).

      Aqui as autoridades até são o inimigo, sim, mas há lança-chamas para uso civil. Até simplesmente como brinquedo (!), mas o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora insiste que lança-chamas é o «aparelho para lançar líquidos inflamados sobre o inimigo». Ainda em Junho passado, Elon Musk vendeu 20 000 lança-chamas a 500 dólares cada um. Tratando-se dos EUA, é só uma questão de tempo até começarem a ser cometidos crimes com recurso a este «brinquedo».

 

[Texto 9714]

Helder Guégués às 09:00 | favorito