Léxico: «lignana»

Não têm de quê

 

 

     Os tradutores e os revisores hão-de gostar de saber, imagino, que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora já regista, por sugestão minha, o vocábulo lignana: «substância fenólica, com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, existente em plantas como a linhaça, o gergelim ou o grão-de-bico, e que, depois de consumida, consegue ligar-se ao receptores de estrogénio nas células».

 

 [Texto 4895]

Helder Guégués às 22:48 | comentar | favorito
Etiquetas: