Léxico: «linha de reconhecimento»

Um caso de polícia

 

      «De acordo com a edição online do jornal belga “Het Nieuwsblad” [“O Jornal de Notícias” em flamengo], o suspeito comportou-se de forma estranha nos interrogatórios — recusou ceder DNA, dar impressões digitais e participar na linha de reconhecimento, em que seria exposto a várias testemunhas» («Taxista reconhece terceiro suspeito», Nuno Miguel Ropio, Jornal de Notícias, 27.03.2016, p. 30).

      Não custava nada escrever ADN, mas que querem? A linha de reconhecimento podia estar nos dicionários. No Het Nieuwsblad, a palavra usada é herkenningsproef e, entre parênteses, a palavra em inglês, line-up. Também não resistem. (Nesta língua, também se diz identification parade e identity parade.) Infelizmente, nem sequer nos dicionários bilingues se encontra a expressão, o que conduzirá forçosamente a disparates. Em francês é tapissage. Em castelhano, rueda de presos ou rueda de reconocimiento, e está no dicionário.

 

[Texto 6712]

Helder Guégués às 19:27 | comentar | favorito