Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «lusotropicalismo»

Está mal

 

     «Esse discurso, onde se notam resquícios do lusotropicalismo, pretendendo acarinhar uma população que se sente muitas vezes esquecida pelas autoridades portuguesas, tem vários efeitos perversos» («Heróis e vilões: as instrumentalizações da história da imigração portuguesa em França», Victor Pereira, Público, 23.01.2018, p. 47).

    É como o vemos registado, por exemplo, no VOLP da Academia Brasileira de Letras, mas também se vê muitas vezes grafado com hífen, «luso-tropicalismo». No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, porém, não o encontramos. Não é apenas Gilberto Freyre que não merece este silêncio, é também e sobretudo o leitor que lê o termo em qualquer texto e, ao procurar no dicionário o seu significado, nada encontra.

 

[Texto 8610]

2 comentários

Comentar post