Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «luzença»

Mais antigo

 

      «Os postes de iluminação, muito raros, espargiam pela orla da estrada umas luzenças funestas e vacilantes, que se embrenhavam nos valados sem som (pois a roncadura contínua do motor abafava toda a respiração da natureza) e ressaltavam a crueldade hirta das figueiras mais próximas, fantasmagóricas, oníricas sentinelas do campo trevoso, onde a angústia do dr. Couceiro levantava os horrores eternos da noite» (As Aves da Madrugada, Urbano Tavares Rodrigues. Lisboa: Livraria Bertrand, 1959, p. 29).

      Está bem, Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, registas «luzência», mas luzença, de «luzente», é mais antigo e tem de estar à mão, não é?

 

[Texto 9192]

1 comentário

Comentar post