Léxico: «macromaré»

Esquece agora o Carnaval

 

      «Uma cria de baleia [baleia-corcunda, Megaptera novaeangliae] foi encontrada morta em Soure, na ilha de Marajó, em plena floresta Amazónica. [...] No Facebook, os investigadores do Bicho D’Água, uma associação ambientalista ligada à Fundação Instituto para o Desenvolvimento da Amazónia, escrevem que este pode não ser o mistério que aparenta. “Devido às macromarés comuns na Costa Norte do Brasil, é totalmente compreensível que uma carcaça vá parar dentro do manguezal”, explicam» («Cria de baleia morta encontrada em plena floresta da Amazónia», Carolina Rico, TSF, 25.02.2019, 10h24).

      Esquece por agora o Carnaval, dicionário da Porto Editora: apanha esta. Ficam de fora apenas submaré e intermaré (já registas submareal e intermareal).

 

[Texto 10 876]

Helder Guégués às 11:09 | favorito
Etiquetas: ,