Léxico: «magnetolipossoma/nanossistema»

Não incomodar

 

      «Já Daniela Pereira, investigadora da Universidade do Minho, apresentou o projeto “NbiON” em que está envolvida, projeto baseado no desenvolvimento de magnetolipossomas (lipossomas que incorporam nanopartículas magnéticas) que permitem o transporte de medicamentos usados em quimioterapia para combate ao cancro. [...] As características específicas do nanossistema permitem uma redução significativa da dose de medicamento necessária a ser administrada em cada tratamento, a redução do número de tratamentos e, consequentemente, os efeitos colaterais causados pela quimioterapia clássica» («Tecnologia é arma contra o cancro», Liliana Costa, TSF, 1.02.2019, 11h09).

      Chiu!, não acordem os nossos dicionários, eles ainda não sabem nada disto.

 

[Texto 10 696]

Helder Guégués às 12:29 | favorito
Etiquetas: ,