Léxico: «maltratante»

Em que se fala da PJ

 

      Na sua conversa diária, nos Dias do Avesso, com Isabel Stilwell, Eduardo Sá usou hoje o termo «maltratante». «Cá está», disse para mim mesmo, «mais um candidato, pois de certeza que não o vou encontrar nos dicionários.» Parece que sou bruxo. E ele anda por aí. Fala o chefe Elias Santana, da PJ: «A Pide nunca se irá meter nisto antes da [sic] gente ter o cadáver passado a limpo com os maltratantes e tudo» (Balada da Praia dos Cães, José Cardoso Pires. Lisboa: O Jornal, 1983, p. 64). Isto de haver maltratados sem maltratantes não está nada bem.

 

[Texto 10 154]

Helder Guégués às 15:55 | comentar | favorito
Etiquetas: ,