Léxico: «manta morta»

Mas regista «manta de retalhos»

 

      «Foram três décadas de constante acumulação de manta morta, que atingiu cerca de metro e meio de altura de folhagens secas e ramos podres, segundo explica o presidente da Câmara de Marvão e também técnico florestal. Luís Vitorino admite que tudo era bem diferente quando havia pastorícia na serra [«do Sapoio — que se eleva a 860 metros de altitude em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede»]» («A noite em que os castanheiros ajudaram os bombeiros em Marvão», Roberto Dores, Diário de Notícias, 12.08.2018, 19h02).

      Surpreende que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não registe manta morta, um conceito que até as criancinhas têm de aprender ainda muito pequeninas e podemos encontrar em textos de apoio da Infopédia.

 

[Texto 9773]

Helder Guégués às 07:54 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,