Léxico: «melgueira»

Só para alguns

 

      «Que hei-de eu fazer? Embucho o que sei; tomo à minha conta espreitar a ama... — a ama!, que a leve o Diabo, que quem me paga é o fidalgo — espreito, e se pilho a melgueira em termos, esbarronda-se o negócio, e meu amo dá cabo deste ladrão que o veio desonrar a sua casa» (Amor de Salvação, Camilo Castelo Branco. Lisboa: Publicações Europa-América, 1981, p. 110).

      Também esta acepção de melgueira — sinónimo de maroteira, patifaria — foi esquecida pelo Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Camilo vai deixando de ser acessível.

 

[Texto 11 041]

Helder Guégués às 20:04 | favorito
Etiquetas: ,