Léxico: «melosa | amarguinha»

Temos a receita

 

      «No Tasco há bolos caseiros, como o pão-de-ló ou o bolo de canela e mel, assim como licor de medronho, melosa (de medronho e mel) e de laranja (produzido pelo próprio director, um holandês que já viajou e trabalhou pelos quatro cantos do mundo)» («As águas de Monchique pedem calma e apelam ao bem-estar», Bárbara Wong, «Fugas»/Público, 6.07.2019, p. 21).

      Sim, a melosa é um licor típico e secular do Algarve, ainda que nos nossos dicionários não passe de adjectivo delico-doce. Tão típico e secular como a amarguinha, que os dicionários também ignoram. «A sweet bitter-almond liqueur from the Algarve, ideal as an apéritif or digestive», lê-se no Top 10 Algarve, um dos guias da DK. Os estrangeiros é que conhecem as nossas tradições e a nossa língua.

 

[Texto 12 062]

Helder Guégués às 08:12 | comentar | favorito
Etiquetas: ,