Léxico: «microfúndio»

E este, onde pára?

 

      «Por aqui se pode ver um exemplo de pequena propriedade, muito comum nesta região, o chamado “minifúndio” ou, também, “microfúndio”, e o autor dá-nos referências acerca do que aqui se criava: “... vendo encabeçar o cebolinho, engrandecer os feijões e rebentar de gordas as abóboras”» (Para uma Poética da Leitura: ensaios, José Fernando Tavares. Ponta Delgada: Signo, 1990, p. 134).

 

[Texto 11 787]

Helder Guégués às 15:30 | comentar | favorito