Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «microgestão | microgestor | macrogestão | macrogestor»

Amanhã há mais

 

      «O ex-secretário de Estado da Saúde remeteu-se ao silêncio, mas alegou que nunca disse que “não tinha reunido com o filho do Presidente da República”. Quem é que tinha a responsabilidade de autorizar o tratamento com um custo total de quatro milhões de euros? Antigo governante não quis revelar, afirmando apenas que o tema “pertence à microgestão do hospital. Não interfere com a Secretaria de Estado da Saúde. Não é o medicamento mais caro do mercado. Essa questão não vai à tutela, é da responsabilidade do hospital”» («“Direito ao silêncio” marca audição de Lacerda Sales no caso das gémeas», Vítor Moita Cordeiro, Diário de Notícias, 18.06.2024, p. 8).

      Se microgestão fosse apenas o que os nossos dicionários dizem, isto não faria sentido. Ainda que Lacerda Sales não seja nenhum modelo no uso da língua, não usou aqui o termo num sentido que eu não veja em certos textos. Ou seja, no caso em apreço, não se trata de um estilo de gestão, mas antes da gestão corrente, do dia-a-dia, de uma instituição, que não da gestão estratégica, ou macrogestão. Repare-se que também se usa o termo microgestor (e macrogestor, pois claro).

 

[Texto 19 936]

4 comentários

Comentar post