Léxico: «ministro plenipotenciário»

Confusões no bar

 

      Numa conversa ao meu lado, alguém desconhece a designação ministro plenipotenciário e mete os pés pelas mãos. Por vezes, intervenho, mesmo sem conhecer as pessoas. Intrometo-me. Com uma nota de humor, tento evitar o constrangimento de quem se vê desautorizado, quando não desmascarado. Mas desta vez deixo correr. Bom era que pudesse remeter simplesmente a criatura para o dicionário da Porto Editora se lá estivesse, no verbete embaixador, por exemplo, que a carreira diplomática é composta por cinco categorias: adido de embaixada, secretário de embaixada, conselheiro de embaixada, ministro plenipotenciário e embaixador. Pois, era bom — mas era preciso que esta informação estivesse no dicionário. Bolas!

 

[Texto 11 848]

Helder Guégués às 07:30 | comentar | favorito
Etiquetas: ,